sexta-feira, 31 de dezembro de 2010

Só mais um ano


Tantas historias que chegaram ao fim vi o decorrer de cada uma vi minha vida se transformando e mais um ano chegou ao fim, mas um ciclo que se acabou e eu sei que um novo começo há de vir uma nova canção para cantar, um novo medo para superar e um novo alguém para amar, e outro alguém para a amar a vida segue esse ciclo sem fim de amores para sempre.
Uma nova porta vai se abrir, uma nova oportunidade vai aparecer, os caminhos vão  se cruzar e outros caminhos vão se distanciar só que o mundo é tão pequeno pra quem tem força de vontade, vamos chorar de novo a mesma dor e sofrer o mesmo mal, as datas não serão as mesmas a idade vai avançar e continuares aqui no ciclo sem fim da fantasia.
Eu não pretendo estimular promessas quero começar o ano sem pressão, não vou citar regras e não vou prender ninguém o que é meu e verdadeiro sempre fica.

segunda-feira, 27 de dezembro de 2010

Tudo cansa.


To esgotada de quem só sabe falar na minha cabeça, de quem só pensa em criticar, de quem é incapaz de respeitar e de quem ama de mentira.

Tô me afastando de tudo que me atrasa, me engana, me segura e me retém. Fui ser feliz, e não volto ;*

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Apelando pro velho safado.


Papai Noel.
Bom não sei como se começa uma carta para o senhor o intuito é pedir coisas as que você mais deseja ou um simples sonho, contudo primeiro vou explicar como eu mereço cada uma das coisas que vou pedir, velhinho ao passar desse ano eu só cometi os mesmos erros continuei a mesma menina teimosa e orgulhosa que da tudo de si para alguém e esquece do amor próprio, detonei meu cabelo com a chapinha e comecei o ano pintando porem depois de oito meses o senhor nem percebe isso.
Com a meia noite do ano de 2009 eu prometi estudar, não se apaixonar por mais ninguém e só me manter junto com aqueles velhos amigos iria entrar menos na internet para buscar uma vida social, sairia do trabalho de merda e iria começar uma vida promissora bom o trabalho de merda se foi e a vida promissora também deve ter ido também por que ate hoje não a vi, esse ano eu respondi bastante a minha mãe só que ela é uma velha safada o senhor deveria ver que ela também não se comportou esse ano mais uma vez não perguntando uma vez se quer se eu estava bem ou se eu precisava de um abraço.
A liberdade que eu tanto queria e pedi pro senhor ano passado também não veio a eu amei esse ano mais uma vez e tive o meu primeiro namoro serio e não foi um fiasco como achei que seria foi longe foi intenso foi amor desde o principio eu dizia isso nesse instante eu engoli meu orgulho e mudei  conceitos descobri novas formas de ver o mundo e de como a gente não escolhe o que quer para vida é tudo questão de  instinto.
Meus amigos continuo os defendendo eu abri mão de alguns que se vierem falar comigo eu sei ser a mesma bater o mesmo papo só que todo ser humano se cansa de correr atrás de alguém, alguns desse amigos pode acabar o mundo e existir outra encarnação a gente se encontra pra viver tudo outra vez, algumas pessoas novas e antigas se aproximaram e  fizeram a diferença.
A verdade é que a Jéssica de 2009 pra baixo não existe mais  a essência é a mesma só que algo mudou não sei explicar o que é mas mudou talvez nem eu saiba quem sou.
Sim eu nunca mais me apaixonaria de novo  ? no no no isso é para os fracos os fortes acreditam só no ‘’pente’’ e eu estou aqui mais uma vez de quatro por alguém e se você ta achando isso legal não não não eu não estou.
Sabe Papai Noel esse ano eu chorei demais sempre tive medo e vergonha das lagrimas e esse ano eu posso matar a cedo do nordeste com o tanto que chorei, que sofri que gritei realmente eu cansei de 2010 cansei das minhas próprias atitudes e o que a vida reserva pra mim cansei de obedecer as regras da sociedade e das ideologias que arrumaram pra mim.
Fiz vínculos incríveis conheci ate novos inimigos, eu ri , chorei , aprendi e ensinei fiz tudo que pode me escondi atrás de tantas mascaras e agora acabou se foi mais um ano e não foi perdido.
Me perguntaram o que eu queria e eu não sei o que eu realmente quero na verdade os bens matérias nesse momento me distrairiam durante alguns minutos e minha cabeça se voltaria ao que realmente importa nunca soube valorizar o que era de metal se eu pedisse paz  e amor seria clichê demais por que amor eu já tenho eu só te peço o caminho, amigos eu já tenho só te peço que cuide deles, paz eu devo ter aqui dentro de mim só preciso reencontrar, família eu tenho uma o que eu quero mesmo é ser lembrada por eles, opinião e conceitos eu também tenho papai Noel só quero que alguém deixei eu expressar, sonhos e planos eu não tenho pressa só não demora demais essa vida vazia me cansa, pra resumir eu só quero que tudo se ajeite que eu posso sorrir de verdade sem a mascara de menina feliz, quero rir alto, eu quero ter dias tranqüilos e dias difíceis com a certeza de que tudo  vai passar eu quero uma vida real chega de fantasias eu quero tudo do mais simples, nada que alguém posso comprar.  

quarta-feira, 22 de dezembro de 2010

Intimo.


O pior dos sentimentos é aquele que não só machucam a si como aqueles que estão em volta ele atinge dentro e fora, é aquele que me coloca pra baixo que faz com que eu esqueça de acreditar e perca toda em mim por um momento ate acho que não sou capaz que não é pra mim que não posso lutar que não vai acontecer e que o amor não foi feito pra mim que eu não nasci pra ganhar que eu nunca vou alcançar, eu vou tentando reverter essa situação e ser assim menos insegura.

Remar Re-amar Amar.


"Eu entro nesse barco, é só me pedir. Nem precisa de jeito certo, só dizer e eu vou. Faz tempo que quero ingressar nessa viagem, mas pra isso preciso saber se você vai também. Porque sozinha, não vou. Não tem como remar sozinha, eu ficaria girando em torno de mim mesma. Mas olha, eu só entro nesse barco se você prometer remar também! Eu abandono tudo, história, passado, cicatrizes. Mudo o visual, deixo o cabelo crescer, começo a comer direito, vou todo dia pra academia. Mas você tem que prometer que vai remar também, com vontade! Eu começo a ler sobre política, futebol, ficção científica. Aprendo a pescar, se precisar. Mas você tem que remar também. Eu desisto fácil, você sabe. E talvez essa viagem não dure mais do que alguns minutos, mas eu entro nesse barco, é só me pedir. Perco o medo de dirigir só pra atravessar o mundo pra te ver todo dia. Mas você tem que me prometer que vai remar junto comigo. Mesmo se esse barco estiver furado eu vou, basta me pedir. Mas a gente tem que afundar junto e descobrir que é possível nadar junto. Eu te ensino a nadar, juro! Mas você tem que me prometer que vai tentar, que vai se esforçar, que vai remar enquanto for preciso, enquanto tiver forças! Você tem que me prometer que essa viagem não vai ser a toa, que vale a pena. Que por você vale a pena. Que por nós vale a pena. Remar. Re-amar. Amar."
Caio Fernando Abreu

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

È dor, insegurança, medo, mentira, paixao e amor.


No fim da noite o que eu buscava compreender dentro de mim foi esclarecido ao findar a aquele dia enquanto minha carne ficou bem resolvida minha alma derramava insegurança dizem que a insegurança fortalece o amor por que são nas horas de distanciamento que a gente se une e eu to pagando pra ver isso.
Por um momento achei que isso me daria outra certeza se você tem o mesmo medo que eu, realmente nada saí como eu queria e isso que de agir pensando nas borboletas que me incomodam e o aperto insuportável no coração não deram certo e eu não me esqueço daquele sorriso que solto só de ouvir seu nome.
Sim eu não tenho vergonha de assumir que te amo que esqueci de muitas coisas e que agora quero somente você, lembra combinamos de ficar bem de agir como se a vida fosse única e esse erro não é só meu é seu também por que falar e não fazer não condena e o que ta dentro do coração será que não é a mesma coisa? Será que só não te faltou a oportunidade e o momento?
Pensei como seria te perder e me perdi foi tão simples tão único mesmo sem você aqui é um sensação diferente o teu olhar sempre encontra o meu mesmo e um flash de imagem eu já aprendi a decifrar seus três jeitos te desejo minha pele queima em busca da sua, meu coração dispara só de pensar em sentir o seu e a sua respiração são coisas que eu procuro parar de imaginar pra não me perder mais em busca do invisível, nem preciso citar que seu sorriso me fascina, o jeito de falar o modo de pensar e como posso te proteger me dominam e suas bochechas melhor parar por aqui e por o fim por que o seu tudo me transforma em nada.

Chuva de selos


Sim sim nao sao meteoros da paixao e sim um meteoro de selos amei todos que recebi do samuka proprietario do blog O mundo do samuka   que é um otimo blog por sinal indico para todos em primeiro lugar, é uma prova que esse mundinho tao pessoal talvez faça diferença para alguem alem de mim.
Mais uma vez vou indicar os blogs que fazendo a diferença no meu dia.

Acordes de blues
Mais Algumas de Amor
Cravo e Canela
Imaginário
Just a little something
`Pleonasmos Redundantes

Beijos a todos...

Mente, mundo e vida vazia.


Minha mente anda tão vazia meus pensamentos são sempre os mesmo e quando saio da rotina parece que nada mudou, talvez eu esteja presa a essa sentença da vida comum e pacata. Ando meio sem palavras um instinto de liberdade adentrou meu coração e a alma e o que antes eu guardava e escrevia agora eu jogo na cara.

sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

Tuas (minhas) idéias não correspondem aos fatos


De que adianta dar opiniões se a ignorância e a falta de conceitos é geral, essa nova era dos ‘’reclamões’’ aonde todo mundo reclama todo mundo ameaça todo mundo faz show e drama só que eu não vi ninguém fazer acontecer o que anda faltando nessa vida é a ação é o verbo é o agir, eu me encaixo plenamente na roda dos acomodados.

Eu sinto meu corpo doer como se meus ossos atrofiassem e meu coração dispara minha cabeça roda e me falta ar são sintomas diários que me ataca a qualquer hora começo a sentir medo e a solidão me toma é um pânico tão incontrolável que se eu me olhar no espelho eu vou sentir medo, vozes me irritam eu não quero sair de casa não consigo me concentrar em nada, só que esse nó e essa falta de paz de espírito ta me enlouquecendo.

Eu queria criar um dialogo simples no qual você me dizia te amo e eu te abraçaria seriamos felizes para sempre só que minha cabeça vai mais alem cria cenários, cenas e pessoas que talvez eu nunca tenha visto eu fico aqui ensaiando o meu teatro enquanto você nem sabe se realmente me quer.

Eu vejo o futuro repetir o passado Eu vejo um museu de grandes novidades O tempo não pára Não pára, não, não pára ♪.

segunda-feira, 13 de dezembro de 2010

Relatos, fatos e tentativas de escape.


Acordar depois de um dia intenso não é lá uma coisa boa nesse momento decidi mudar a rotina e evitar chegar perto de onde tudo começou e ler um bom livro que na verdade ate agora não tem sido nada bom, se o livro é de terror não vi o terror ate a agora os amores que os dois primeiros contos falaram me deram náuseas, não gosto de meios termos e esse livro é morno e mesmo não me agradando irei ate a ultima página.
Durante a tentativa de leitura concentrada fiz uma playlist de musicas que gosto de ouvir nada de musicas agitas apenas de fundo, tentei ler em minha cama só tudo me desconcentrava decidi ir para fora o vento me agradou o cheiro de poluição na cara faz com que você se esqueça do coração e lembre da rinite, sinusite e bronquite esses detalhes não deixam minha cidade insuportável da um toque especial a terra da garoa que tem me enfeitiçado talvez seja pelo fato de que as chuvas de verão tem me proporcionado uma ficção, porque elas devem se parecer com a minha alma inundada de sentimentos e pessoas.
Ninguém pode me julgar por amar mais do que eu mesmo, ‘’ sabe aquela historia de que minha loucura seja perdoada por que metade de mim é amor e a outra também’’   não que eu saia amando as pessoas por ai  só que são amores diferente e amor para mim é sinônimo de entrega e eu me entrego por inteiro e me quebro por inteiro sempre.
Não estar junto com aquele amigo hoje não faz eu amar ele menos, não aceitar as atitudes dele também não faz eu amar ele menos, pelo contrario da vontade de sentar e conversar ver da onde vem o erro e tentar ajudar por que amigo que é amigo quer o bem, amigo que é amigo quer dar conselhos e amigo que é amigo também briga, agora se for filha da Puta eu quero que se foda.
Vou voltar a falar da chuva a tempestade lá fora parece minha vida e sabe o que eu tenho mais esperado desses dias observando  é ver o arco íris ver que ainda há esperando ver que eu não estou tão errado que eu não estou louca eu estou vivendo e que  mesmo  cheia de erros os planos escritos ainda são meus que eu não perdi o direito de fé.

quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Basta

Eu disse que ate noite tudo mudaria ate tentei passar o dia todo pensando positivo olha que eu me esforcei ao Maximo para não chorar, hoje eu só queria rir só que me peguei confusa entre milhões de sentimentos que  abriguei dentro do meu coração, eu já não quero dar respostar e nem certezas quero me manter sozinha alias a solidão me assombra, deveria me acostumar é a melhor forma de não se sentir só e ficar só ate encontrar em si a melhor companhia.
Esse aperto no coração esse nó na minha garganta esta mexendo com o meu estado físico e me destruindo mentalmente será que ninguém vê que eu dou risada que eu brinco só que na verdade o que eu mais quero é chorar, para quem não sabe eu vou contar eu sou fraca muito fraca sempre fui o que me trouxe até aqui foi o resto de fé então não se apóie em mim, não brinque eu suplico que não me use por que eu não agüento mais.
Tudo que eu quero é um mar bem grande um mar constituído por minhas lagrimas e ir nadando, nadando sem olhar pra trás sem piscar quero ir em frente e morrer, morrer ali dentro do meu próprio ser, morrer antes que vocês me matem.

Bipolaridade

Eu sempre achei que não iria mudar e me condenei a chorar hoje eu parei e olhei para trás para tentar repensar e ver que eu mudei e o sentimento também, o amor esta aqui da mesma forma que antes entre as lembranças que eu amo rever, ciúmes ainda sinto é ate inevitável não sentir ciúmes de quem um dia foi seu só que hoje não é mais, e quando a tal da saudade apertar me deixa chorar assim tudo sempre vai passar.
Só que hoje acordei com a certeza que eu não quero mais, que talvez eu não sinta mais nada, que eu te amo e te odeio, de que hoje eu posso dizer tudo isso e amanha não.
Simples assim e bipolar como sempre.
Até a noite isso muda!
Vamos apostar?

terça-feira, 7 de dezembro de 2010

A píor parte de mim.



Quando não tiver o que falar vou manter o silencio, quando minha garganta cansar das palavras guardadas e do nó vou despejar tudo em um papel, não vou vomitar em mais ninguém as minhas magoas até por que elas são minhas e de mais ninguém e sou egoísta ao ponto de nem ao menos as dores dividir.

sábado, 4 de dezembro de 2010

Como vai voce? Angustiada.



Olá
Sábado nublado com um ar de depressão e mistério são esses dias que nos revelam coisas importantes boas ou ruins hoje sem quere percebi que dezembro e novembro foram um mês de fins deve ser por que é fim de ano, as pessoas jogam as outras foras para começar o ano novo com gente nova  só eu que sou meio desatualizada sobre isso.
Eu ainda preciso fazer minhas listas de promessas pro ano que vem tananá desperdiço por que nunca cumpro, mas ok vou fazer antes do dia 31.
Acredite às vezes eu acho que amo mais você do que deveria, seria certo me por em primeiro lugar assim como você faz se colocando a frente eu juro que queria ser assim só que antes de me agradar em penso em ‘’nós’’ se bem que não existe o nós.
Se chorei foi de dor, foi de medo foi por não conseguir controlar por querer e não querer por amar e odiar.
Bom, será que você estava mesmo nas fotos que eu vi ontem?
Semana que vem começa outra etapa ,fase ou ate historia da minha vida e algumas coisas não mudam não se esquecem não se substituem apenas fica o vazio e a angustia.

sexta-feira, 3 de dezembro de 2010

Punhais



Não sei exatamente como dizer, contudo é preciso falar, falar que eu não agüento mais essa falta de ideologia, essa falta de maturidade usa palavras como se fossem brinquedos e depois não agüenta as consequências, pense antes de falar eu tomo um antidop(tive minhas duvidas sobre essa palavra) contra seus ataques só que ele não dura 24 horas então se você tem certeza sobre sua falta de coração eu ainda tenho um em pedaços, destruído, sangrando, mas ainda é meu.

quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Valeu a pena êêê.



Durante sete anos fizemos nossa historia dentro dessas paredes, alguns se destacaram para bem ou para mal, professores que com o tempo se tornaram mestres, mestres que com o tempo se tornaram amigos, este ano em particular marcou,pelo fato de alguém nos escutar e pela primeira vez em sete anos tivemos razão e alcançamos um lugar respeitado.
Às vezes quieta em meu canto observava cada um e suas diferentes e formas de ser, seus sonhos exposto, sua maneira de aparecer e ate suas fraquezas escondidas, alguns se tornaram parte especial, outros uma lembrança apenas, o importante é que houve respeito e a crença, cor, escolha sexual não nos impediu de dar as mãos e lutar.
Um dia somente, quem não se olhava se olhou quem nunca deu um abraço se abraçou declarações e choro, choram aqueles que não querem ir, choro de quem vai sentir falta, choro de quem ate talvez não esteja preparado para a nova etapa, choro de quem se arrepende de ter cultivado intriga, fofoca, mentira, desavença, choro de quem poderia sorrir e não sorriu.
Teve quem amou, teve quem brincou, teve quem cresceu, teve quem aprendeu e ensinou.
O que aprendi aqui ninguém nunca vai me proporcionar, em particular foi aqui que construímos o caráter, aprendemos o valor do respeito um para com o outro, tenho certeza que mais que a metade esta saindo não só mais um formando e sim um ser humano formado.
Cada um tem uma historia pra contar, um amigo pra lembrar. Uma parte da nossa vida foi construída dentro dessas paredes, me orgulho de ter entrado aqui de ter feito a minha historia, mas infelizmente acabou.

TERCEIRAO 2010

terça-feira, 30 de novembro de 2010

Abstrai


Estou enchendo um saco de lixo imaginário e hoje um anjo velho vem buscar tudo que não quero mais, não tive escolha suas promessas as nossas canções e algumas lembranças eu tive que jogar, aquele sentimento de quem o coração foi traído metade já se foi, tem gente que pensa que traição é só carnal eu to falando de sentimento.
Tive que mudar alguns planos, pensar mais ao meu respeito ate joguei algumas roupas fora, metade do que não consegui me livrar guardei em uma caixa junto com o meu coração quando eu estiver forte o suficiente eu volto a encara-los e no momento o que é preciso é abstrair-se de tudo isso.

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Quando chega o meu amanha?


Enfim, tentei dormir só instante  havia algo que me prendia acordada ou era mera imaginação deveria ser mais alguma das minhas divagações aonde eu crio diálogos com você, aonde sem querer eu sou capaz de tudo eu ate sou feliz quando fecho os meus olhos e fico ouvindo musica, derrepente me tiraram daquele momento único, me tiraram de você.

Eu não sei se é desencanto ou por que já me machuquei demais só que me tornei egoísta diante de você não posso pensar se vou te ferir ou não, não é certo também da o troco na mesma moeda só que eu não posso evitar que você chegou ao lugar aonde jamais ninguém chegaria, entreguei minha vida, entreguei minha alma, entreguei meu corpo para serem esquecidos, mas a lei da vida é essa né? Que posso eu fazer alem de chorar.

Derrepente mais do que derrepente, eu mudei tantas coisas eu fiz uma confusão, talvez a verdade seja eu não sei quem  sou, você tirou meu sono, minha paz e  minha fome, quem diria eu te entreguei minha vida para voce fazer o que bem entender, já sei que você se foi, mas poderia ao menos devolver minha vida? Ou eu que tenho que reconstruir. Não sei. 

Não reclamo do que fiz, muito menos me arrependo até por que nada é em vão ninguém tem culpa de entregar sua historia para pessoa errada.

 "Isso passa, amanhã é um outro dia, não é? Eu nem sei porque me sinto assim..."Renato Russo

domingo, 28 de novembro de 2010

Toda Paola é meio Maria do Bairro.


Não, eu não sabia que dividia seu coração com outro  alguém, que você me amava pela metade e que na verdade eu nunca fui o seu amor, isso acaba com o meu teatro e você devia acabar com a sua performance  de quem um dia me amou ou de que sente muito.
Mais uma vez eu me encontro ferida, da onde eu tiro tanta ingenuidade eu achei que nada que eu visse ou ouvisse ia me ferir essa semana, contudo teve o ponto final.
Eu sabia que isso iria me machucar mais do que qualquer coisa, eu sabia que isso não era digno de perdão.

Meus dias de Paola.



Não vou me fechar em um quarto e sofrer por que chegamos ao fim e ficar me questionando o porquê cada um sabe o que leva dentro do coração, e  se  sentimento acabou é melhor assim do se desgastarmos a toa, entretanto eu não vou perder o meu brilho que é rir, ser irônica e fazer piada da desgraça alheia.
Sim, estou destruída por dentro só que não morri por fora, minha vida não é um conto de fadas eu já sofri demais vi meus heróis em um chão cheio de sangue de milhares de inocentes que ao menos sabiam o porquê estavam sendo feridos, nunca me protegeram da dor eu aprendi a lidar e ser forte e muito fraca às vezes sozinha, só eu não me transformo continua aqui lutando pelo que sou por quem amo, por quem me da valor e por quem eu quero bem.
A vida tem caminhos oposto e nunca uma linha é totalmente reta eu sou a prova disso, nós fizemos com que o destino seja algo concreto só cabe a cada um escolher pelo o quer e eu to escolhendo por não sofrer.
Já tentei me fazer de vitima você não se comoveu, o negocio é ser Paola Bracho e ser feliz.

Seu anjo.

Hoje eu acordei mais cedo E fiquei te olhando dormir Imaginei algum suposto medo Para que pudesse te cobrir Tenho cuidado de você todo esse tempo Você está sob o meu abraço E minha proteção
Tenho visto você errar e crescer Amar e voar
Você sabe onde pousar

Ao acordar, já terei partido Ficarei de longe escondido Mas, sempre perto, decerto Como se eu fosse um humano vivo  Vivendo pra te cuidar

Te proteger Sem você me ver Sem saber quem sou Se sou anjo, ou se sou O seu ...




Vo passar a vida a te proteger maria u.u 

Uma dose de tequila pra voce ;*


È incrível como a felicidade é fútil preencher a vida de coisas vazias não me sustenta um copo de tequila nunca vai substituir a minha alegria natural muito menos varias tequilas resolver meus problemas.
Você pode ate passar o resto da sua vida se fartando de futilidades e quando seu corpo não agüentar mais e quando você não conseguir mais e quando seu corpo precisar de uma ajuda á quando você sentir falta de um amor? Será que você vai se lembrar dos amigos que desprezou do amor que fez pouco caso, pode ter certeza a pior solidão é daquele que se fecha.
Agora para os  incapazes de amar, de assumir seus erros, de pedir perdão, de engolir o próprio orgulho, os incapazes de sorrir os que não agüentam um pouco de dor uma garrafa de tequila, por favor.

sábado, 27 de novembro de 2010

Hoje eu to sozinha.


È fácil demais passar a vida toda colocando a culpa nas circunstancias, é agradável descontar tudo no destino agora eu quero ver você colocar a mão no peito e dizer eu errei, isso sim pra mim é digno.
Eu estive ao seu lado há tanto tempo só que o egoísmo impediu de você me ouvir gritar, cansei de gritar comecei a sussurrar e agora prefiro ficar em silencio não para te ouvir e  sim  me escutar.

Parei de pegar o carro correndo De ligar só pra você De entender sua família e te compreender Hoje eu tô sozinha e tudo parece maior Mas é melhor ficar sozinha que é pra não ficar pior  

Mais um dia, mais uma noite, mais algumas lagrimas.

Eu sei que quando a noite chegar você vai se lembrar e sentir falta, só que agora tanto faz as palavras já foram ditas os cacos já estão no chão não acredito em remendas na verdade eu nem sei o que estou falando eu mudo de opinião a cada dia que passa, alguns dias eu choro outros do risada o que não me deixa são as circunstancias  dos planos que fiz, da coragem que construí e que vou jogar no lixo.

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Selo

Ganhei este selo do o mundodosamuka (obrigado pelo carinho) e indicar meus 10 blogs preferidos, mas ja deu pra perceber que ando pertubada entao vou indicar os que mais leio e  tambem tenho falar 10 coisas sobre a  minha pessoa vou tentar ok.?


*batomnobatom
*fixyouheart
*JustaLittleSomething
*maisalgumasdeamor
*pleonasmosredundantes

O que vale nao é a quantidade de blog indicados mas sim a qualidade *---*

Agora as 10 coisas sobre a minha pessoa :

- Aquariana
- Não gosto de numeros impares
- Um dia eu ainda caso com a Ana Carolina
- Ciumenta possessiva
- Odeio que me falem o que fazer
- Não suporto senso comun
- Vou fazer facul de direito
- Sonho em ser promotora
- Amo cold case
- Não gosto de amar pela metade

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

Isso é tao pessoal que nao cabe em mim.


Sim, essa dor no peito não é saudável não acho graça nas coisas que vejo eu queria ver o gelo do seu coração transbordando por outras pessoas eu queria ver essa indiferença com a vida saindo dos seus olhos com o mundo eu queria parar de achar que o problema sou eu simplesmente  é isso que me mata é isso esta me tirando do serio.

Mais uma parte pessoal


Na verdade eu não queria escrever por que eu sei que você vai ler não queria falar por você não vai ouvir muito menos sentir por que ninguém se importa aqui, só pediria um pouco de vontade de jogar tudo pro inferno de andar sem olhar pra trás são exatamente quatro dias eu não vou mentir dizendo que estou bem muito menos que estou mal eu to caminhando entre risos e aperto no peito.
Por muito tempo eu quis entender as minhas duvidas agora elas  aumentaram simplesmente não posso submeter a minha vida a tuas mudanças não posso acreditar numa vida aonde ela só da passos mediante aos teus passos não vou negar que assim seria feliz ate por que não existe razão entre as coisas feita pelo coração.
Escuto musicas repetidas com o intuito de desaparecer nas letras dessas canções vem um desejo de tentar ser forte até por que não é a primeira vez que o amor pisa em um coração não é a primeira vez que me vi no chão não é a primeira vez chorei e não será também a ultima, eu sei não ta fácil pra mim não ta fácil pra ninguém só não subestime que eu não vá conseguir.

quarta-feira, 24 de novembro de 2010

Um novo sol,


Assim a gente segue, fingindo estar por cima de toda a situação.
Sempre havera um novo amanha uma nova historia.

terça-feira, 23 de novembro de 2010

O inferno sou eu.

O inferno está aos meus pés enquanto a angustia me toma nao preciso que me culpem eu ja faço bem isso, nao quero ser digno de dó o que eu preciso é de paz  alias eu ja nem sei o significado disso, o inferno nunca sao os outros o inferno é a minha conciencia é a minha dor é a minha magoa é o meu fracasso e eu estou bem longe de ver o paraiso.
Só que eu nao posso esquecer de tudo que é verdadeiro
.

domingo, 21 de novembro de 2010

Tolos

Seres humanos são tão tolos capazes de achar que se ameaçar a ida e outro vai pedir pra ficar, são tão tolos ao ponto de achar que amar e ser amado é o mais importante da vida eu me sinto tão tola por ter falado eu me sinto tão tola por ter ficado em silencia eu me sinto tão tola por chorar.

Eu sempre soube você já tinha me avisado que seria o ultimo, o ultimo beijo, o ultimo contado, não nunca vou me arrepender do que fiz quem se arrepende de ser feliz?

sábado, 20 de novembro de 2010

Doce amargo novembro.


Eu preciso sentir que ainda existe amor, eu não quero mais desculpas eu não quero mais ser o monstro eu só preciso de uma maquina do tempo que me leve ate o momento que nos amávamos e encontrar aonde nos perdemos, aonde deixamos de querer seguir, em que momento você virou um gelo e eu um fogo uma bomba que não tolera mais nada viramos opostos que não se atraem.

A noite é tão triste, saudades da época que nos conectávamos que não havia situação que nos separasse. Deve ser novembro sempre tive a impressão que novembro era triste que ele congelava o coração das pessoas, colocava em prova os sentimentos e testava cada ser humano para ver se ele era forte o bastante.

Com isso não posso esquecer que sempre chega o verão e eu espero que as coisas aqueçam de novo e que vamos deixar o sentimento ser tomado pela estação.

sexta-feira, 19 de novembro de 2010

Quero conhecer novos ares.


Sabe aquela necessidade de conhecer pessoas novas de sair de casa de mudar de ares de crescer e mudar simplesmente mudar tudo talvez começar de todo tudo que não esteja dando mais certo jogar fora o que não presta mais antes me faltava coragem pelo futuro que me espera ano que vem agora eu não vejo  a hora que as coisas acabem mais aos poucos por mais que doa chegou a hora de recomeçar.

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Silencio.


Olá.

Tudo tem se tornado tão pessoal cada linha escrita não é mais sobre o que eu penso das coisas e sim como eu vivo com elas o que eu tenho passado, o que tenho a dizer sobre os dias que não estava aqui, e que derrepente tudo mudou o que eu acreditava que era pra sempre não coloco mais tanta o amor que eu jurava quebrar barreiras não e forte o bastante pra quebrar o ego, os dias nunca foram tão difíceis.

Uma vez escrevi um texto Pedra papel e Gelo tem aqui nos arquivos que falava sobre os corações que tive e de como me tornei um ser humano, foi o amor que fez eu mudar pra bem ou pro mal, mas as circunstancias da vida foi também quem me fez crescer, eu sei o valor de cada pessoa e também a hora de ir e a hora de ficar mesmo que doa, só que com você é diferente eu não sei se devo ir ou se fico, se devo insistir ou desistir o que anda salvando é o amor e o silencio.

Eu não sei se é estado de espírito ou pura sensibilidade, contudo só falta eu chorar assistindo o jornal nacional talvez sejam sinais de que nada está bem, alias disso eu tenho certeza só não sei se preciso mais de você ou do silencio.

domingo, 14 de novembro de 2010

Mais um domingo.



Nós vamos lutar não por rancor
Pois alguém tem de defender o que é certo
Porque onde houver um homem que não tem voz
É onde a nossa vai cantar ♪

Sobre o livro melancia, eu nao curti e parei de ler no 3 cap.
Final de semana sobre muito choro, por que? eu nao sei deve ser pelos filmes que vi, pelas situaçoes que passei e pela tpm ajuntou tudo numa pessoa só e o resultado foi: transbordei.

sábado, 13 de novembro de 2010

Tudo que eu queria entender.


Se passarmos tanto tempo fazendo planos, vamos esquecer de como é bom viver eu queria lembrar que musica tocou no nosso primeiro beijo eu tenho uma simples sensaçao que tocava ''garganta'', vamo deixar que o destino se encarregue de nos levar, nao temos que ficar pensando se vai ou nao, se tem que ser ou nao, eu penso que ja é e o momento é agora só que tambem nao custa sonhar.
Confuso né.
Nem eu entendi. :D

quinta-feira, 11 de novembro de 2010

Por hoje...

O que há de tão errado conosco que nos colocamos em situações para as quais somos claramente inadequados?
Situações que trarão sofrimentos para nós mesmos e para os outros.
Por que sentimos emoções que não podemos controlar e nos movem na direção contrária a que realmente gostaríamos de ir?
Somos conflitos ambulantes, batalhas internas sobre duas pernas.
Se os seres humanos fossem automóveis, iríamos devolvê-los por defeito de fábrica.
Por que temos uma capacidade finita de ter prazer e outra, infinita, para a dor?
Somos uma piada cósmica, uma experiência que deu errado.
Marian Keyes

Vo começar a ler  Melancia da Marian Keyes.

Por hoje só isso ou nada né.

quarta-feira, 10 de novembro de 2010

Corra lá vem à tristeza atirando pra todos os lados

Talvez eu me identificasse com Liesel muito mais do que apenas um livro que me vez adentrar cada dia mais eu me vi ali perdida entre as letras e as palavras do mesmo que ela sempre esteve tentando domina-las claro que essa parte não é o meu caso ainda só amante das palavras e aprendo a cada dia com elas não simplesmente entendendo, mas de um outro modo tentando conduzi-las.

Do mesmo jeito que as palavras salvaram Liesel, as mesmas ando me tirando do abismo o abismo que eu mesmo me adentrei acreditando nos meus sonhos.

Agora saindo do livro que entrei e não queria mais sair simplesmente queria ficar ali nas ultimas paginas sentada com a menina que roubava livros no meio dos escombros.

Eu sou o pior ser humano quando estou chateada ou simplesmente com algo me incomodando eu posso rir de mentirinha só quem me conhece sabe que eu me esforço ao maximo pra desfarçar, e eu nao sei esquecer de um dia para o outro.


Para ser bem sincera eu acredito no amor só não há muito animo para que ele vá ate aonde sonhei eu sei que as coisas mudam de uma hora para a outra que as barreiras são infinitas porém eu ainda quero sonhar mesmo que seja mentira deixa eu acreditar não me ponha mais barreiras do que as já existentes não me jogue verdades como se eu não as conhecessem e se um dia acabar eu juro meu amor que eu nunca lhe desejei mal nenhum.

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Deve ser.

Juro que nao é falta de imaginaçao e nem preguiça, eu só não consigo escrever por pura falta de coerencia e reflexao para explicar o que eu estou sentindo.
Simples assim.

segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Eu acredito.



Meu Deus!
Agora me assusta pronunciar seu nome.
E se mais para frente à criança cobrisse o corpo nu,
da prostituta que eu usei,
ou do moribundo que não olhei,
ou da velha que não respeitei,
ou da mãe que não amei ?
Corpo de alguém exposto, jogado por minha causa,
porque não estendi a mão, porque no amor fiz pausa e dei,
sei lá, só dei desgosto?
(trecho do poema Deus Negro)


Hoje quando o professor passou na sala esse poema e nos fez perguntas eu percebi o quanto nós seres mortais praticamos o individualismo da forma mais mascarada e que quando dizemos que nos preocupamos com o próximo e da forma que nos convém.Um dia não é igual e  no fundo eu me perguntei se aquele bom dia que eu deixei de dar não fez falta pra alguém e se o desculpa teria mudado o rumo de alguma historia se eu desse mais atenção aos sinais daquele amigo triste eu não teria evitado uma tragédia, melhor seria se eu passasse a olhar mais ao meu redor do que simplesmente pro meu umbigo, e isso iria passando de pessoa pra pessoa quem sabe assim mudamos o mundo ou esperamos pela apocalipse.  

sábado, 6 de novembro de 2010

Voce vai morrer!



Com absoluta sinceridade, tento ser otimista a respeito de todo esse assunto, embora a maioria das pessoas sinta-se impedida de acreditar em mim, sejam quais forem meus protestos. Por favor, confie em mim. Decididamente, eu sei ser animada, sei ser amável. Agradável. Afável. E esses são apenas os As. Só não me peça para ser simpática. Simpatia não tem nada a ver comigo.
( A menina que roubava livros)

Este livro é fantastico em apenas um dia ja li metade.

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

Tudo ao seu tempo.


Chega de se preocupar tanto por um momento vou fingir que essas cobranças não existem e que o amanha não existe, que não houve a palavra dita, que não houve o silencio, que não existe medo, que não existe incerteza.
Sem querer percebi que vivendo assim, eu acordo sorrindo e vou dormir do mesmo jeito e com certeza de quem brinca de ser feliz sabe que vai chegar o momento que tudo se realiza tudo acontece, simplesmente na hora certa.

quinta-feira, 4 de novembro de 2010

Desafio dos 7

Recebi o desafio da Gabriela do *CravoeCanela Blog e entrei na brincadeira também e agradeço o carinho por te chamado.


7 coisas que eu tenho que fazer antes de morrer:

Comprar uma casa
Viajar pro Rio de janeiro
Conhecer a Ana Carolina
Viajar de carro sem rumo
Viajar pra Califórnia
Ficar muito bêbada
Construir uma família

7 coisas que mais digo:

Meu ovo
Meu/Mano/Nem
Tipo
Puts
Meu mundo caiu.
Velho
Indiota (assim mesmo zoando)

7 coisas que faço bem:

Comer
Dormir
Jogar cruzada haha
Perturbar as pessoas
Bagunça minha especialidade
Fazer piadinhas
Enganar o professor de física

7 defeitos meus:

Desorganizada
Confusa
Insegura
Radical demais com as coisas
Ansiosa
Ciumenta
Explosiva

7 coisas que amo:

Escrever
Musica
Família
Uma pessoinha

Amigos
Cinema
Conhecer lugares novos

7 qualidades:

Espontânea
Bom humor
Sinceridade
Ouvir
Persistência
Extrovertida
Sonhadora
7 pessoas para fazer esse jogo:

Julia:  http://julianazaly.blogspot.com/
O gerente:  http://blogomundoperdido.blogspot.com/
Bárbara :  http://binhalira.blogspot.com/
Elida:  http://deda-coutinho.blogspot.com/
Dáfiny:
  http://theonlyexceeption.blogspot.com/
Elloisa:
  http://elllls.blogspot.com/
Mais alguma de amor:
  http://maisalgumasdeamor.blogspot.com/


Entre na brincadeira também :D